Conceição de Ibitipoca

March 25, 2016

 

Na última semana o Rota Certa partiu para mais uma aventura. Desta vez acompanhado por ilustríssimas presenças do casal amigo: Jofran e Évelin.

 

 

Partindo da sede do Rota certa em Teresópolis - RJ encontramos nossos amigos em Três Rios - RJ e Partimos rumo a Conceição de Ibitipoca. Distrito de Lima Duarte, Conceição de Ibitipoca dista cerca de 28 km. Com aproximadamente 2 mil habitantes, Ibitipoca é uma cidade bucólica muito agradável e muito bonita. 

 

É aqui que se encontra um dos mais belos parques naturais do Brasil. O Parque Estadual do Ibitipoca com seus 1.488 hectares, destaca-se por suas águas escuras e cavernas profundas Possui uma fauna e flora de singular beleza, e cada momento no Parque proporciona encantamento, e imenso bem estar junto a natureza.

 

 

Como Chegar:

 

O acesso a este santuário não é dos mais fáceis. Saindo do Rio de Janeiro, seguir pela Rodovia Federal BR-040 até a cidade de Juiz de Fora. 

 

          Google Earth

Importante não entrar em Juiz de Fora. Seguir por cerca de 18 km da primeira entrada para Juiz de Fora e então pegar o acesso a BR 267 sentido Lima Duarte.

                                                                            Web

Ao entrar em Lima Duarte seguir as placas indicativas para Ibitipoca. Poucos Trechos da estrada são pavimentados em sua maior parte é estrada de terra. 

 

Dica: Carro alto é uma boa pedida em dias chuvosos talvez seja necessário um 4X4.

 

 

 

Após 28 km de muita poeira e "solavancos" , chega-se ao Arraial de Conceição de Ibitipoca. As boas vindas ficam por conta de uma singela Placa na entrada do Vilarejo e pelo Lobo Guará entalhado na encosta de um "barranco".

 

 

 

Existe também a possibilidade de ir de ÔNIBUS porém não é muito recomendado, uma vez que só existem poucos horários disponíveis. 

 

 

                          

http://www.ibitipoca.tur.br/onibus/

 

Hospedagem:

 

Uma super dica de  hospedagem em Ibitipoca é na simpática e Confortável Pousada da D. Cecília. (Aconchego do Céu).

 

Pousada confortável, limpa, arrumada com quartos bem aconchegantes. E um café da manhã muito saboroso com o tradicional Pão de Queijo mineiro e o Pão de Canela local. 

 

 

 O Parque:

 

O Parque Estadual de Ibitipoca esta distante cerca de 3 km do centro do vilarejo. O acesso é por uma rua pavimentada e bem delineada. Por esta estrada também tem acesso a trilha de Água Santa. (Não percorrida pelo Rota Certa).

 

 O Parque foi criado em Julho de 1973 (43 anos em 2016) e possui uma excelente infraestrutura com  centro de visitantes, área de camping, restaurantes, alojamentos e estacionamento.

 

Observações:

A entrada no Parque é limitada. Em dias úteis a entrada é limitada em 300 pessoas. E nos finais de semana 800 pessoas. (Esta informação esta disponível no site do PEI, no entanto no dia que estivemos no parque a informação recebida é que o limite diário de pessoas é de 1200.) Outra informação importante é que o estacionamento é limitado em 50 carros/dia.

 

Valores: 

Em dias úteis o valor por pessoa é de R$ 10,00 e finais de semana R$ 20,00. O estacionamento é de R$ 20,00 para carros de passeio até 7 pessoas. (Informação do site do PEI).

 

Atrativos:

 

O PEI tem três grandes circuitos com trilhas variando de "Light" a "moderado". Passando por grutas, desfiladeiros, colinas com altitude variando de 950 m até 1784 m, além de lindas cachoeiras. Passeio indicado para público de qualquer idade. 

 

 

Circuitos:

 

O rota Certa seguiu os Três circuitos do PEI , para isso foram necessários três dias de Trekking. 

 

 

1ª DIA - Janela do Céu

 

Ficha:

Caminhada Leve com trechos moderados. Distância percorrida Ida e Volta de 16 - 18 km (dependendo dos atrativos visitados) 

 

A trilha começa próximo ao centro de visitantes. Local ideal para fazer um alongamento e realizar um aquecimento prévio. O sol castiga durante todo trajeto por isso a necessidade de roupas leves, óculos de sol, protetor solar, chapéu e muito líquido.

 

 Inicio da Trilha 

 

O circuito é compreendido por pelo menos 8 grandes atrativos: E o primeiro deles é o Pico da Cruz ou cruzeiro

 

O pico do Cruzeiro, permite uma visual incrível da mata que contorno o PEI. Da portaria até o cruzeiro a distância é de 2.860 m.  A segunda parada é na Gruta da Cruz

 

 

A gruta da Cruz possui uma enorme clarabóia por onde escorre água cristalina e clareia um grande salão rochoso. Mas ao fundo da Gruta, há uma escada que acesso um salão um pouco menor porém escuro. (Há necessidade de Lanternas).

 

 

Partimos para nossa terceira parada no Pico da Lombada, ponto mais alto de Ibitipoca. 

 

 Lugar com um visual muito bonito e estratégico para recuperar o fôlego, repor eletrólitos e continuar na Jornada. 

 

Neste ponto encontramos formações curiosas, como a mesa acima, esculpida na pedra pela ação do tempo, ventos e águas. Nossa quarta parada é a Gruta dos Fugitivos

 

                                              

 Gruta dos Fugitivos

 

A Gruta dos Fugitivos tem formação quartzítica, com aproimadamente 12 m de desnível. Fácil acesso porém é necessário o uso de LANTERNAS. A curiosidade desta gruta, e daí seu nome, foram encontrados no local o que seriam restos de um quilombo.  

 

Nossa quinta parada é na Gruta dos Moreiras

Formação também quartzítica, possui infiltrações em suas paredes que formam filetes de água corrente. Sua altitude é de 1365 m com extensão de aproximadamente 500 m. 

 

Em nossa sexta parada. Gruta dos Três Arcos.

 

 

A 1375 m de altitude, esta gruta é caracterizada por Três Grandes arcos. Com 8 m de desnível, é de seu centro que os arcos são bem vistos. Revestindo seus arcos é possível observar a mata com suas bromélias e árvores de pequeno porte. 

 

Após intensa caminhada e muitas grutas pelo caminho, finalmente chega-se a janela do céu, nossa  sétima parada. 

 

 

                                                      Oh! Minas Gerais.

 

 

Ponto alto de nosso passeio, a Janela do céu encanta por sua queda de aproximadamente 20 m, suas águas escuras e rochas que lembram gigantes pepitas de ouro. Com aproximadamente 5 h de caminhada exige-se bom preparo físico do aventureiro. 

 

 Da Janela do Céu, rumamos para a cochoeirinha nossa última parada. Uma queda d'água de aproximadamente 35 m de altura. Em sua base forma-se um poço com profundidade aproximada de 1,20 m. Ideal para um banho geladamente revigorante. 

 

 

 

 

E é com esta belíssima imagem que encerramos o primeiro dia de visita  ao PEI.

 

 

 

2ª DIA - Circuito das Águas

 

Ficha:

O circuito das águas é o passeio mais light do PEI. Com uma distância entre 5 - 8 km, este passeio proporciona ao visitante banhos em lagos e cachoeiras bem gelados 

 

 Nosso passeio começa no famoso relógio de sol que fica próximo ao restaurante do Parque. 

 

 

 Após nosso aquecimento e alongamento a expedição do Rota Certa partiu  ao  primeiro ponto de visitação. Gruta dos Coelhos.

 

A Gruta dos coelhos fica próximo ao centro de visitantes de fácil acesso, possui um grande salão que vai se afunilando e para passar para outro salão é necessário agachar-se. Voltando ao relógio, partimos para a Prainha.

 

 

Este é o ponto mais "popular" do Parque. A partir daqui é possivel ir para o Pico do Pião, circuito das águas e Janela do Céu. Muitas pessoas aproveitam sua "prainha" para se banhar.  Partimos então para a parte baixa do circuito das águas, indo para a Ponte de Pedra.

 

 

Da ponte de pedra, seguimos para:

Lago das miragens, cachoeira dos macacos, lago dos Espelhos, Ducha, Lago Negro, Prainha das Elfas, Gruta dos Gnomos, Rio do Salto

 

 

 

Ufa! depois de muito caminhar e nos banhar em todas estas cachoeiras chegamos finalmente ao fim do Circuitos das águas. Encerramos nosso 2º dia de passeio na prainha nos banhando e batendo um bom papo!

 

 

** Antes de Iniciar o circuito, fomos ao centro de visitantes onde aprendemos muito sobre a fauna e flora do PEI  bem como a formação rochosa do Parque. O centro de Visitante fecha por volta das 13 h por isso o rota certa recomenda visita-lo antes de inciar o circuito das águas.

 

 

3ª DIA - Pico do Pião (último dia)

 

Um breve histórico extraído do site: http://www.ibitipoca.tur.br/historia/lendas/

 

Quem chega pela primeira vez no alto do Pico do Pião, a 1762m de altitude, não entende a presença de um altar de cimento no alto da Serra de Ibitipoca. São as ruínas da Capela Senhor Bom Jesus da Serra, destruída pelos raios, pelo vento e pelas tempestades que assolam o cume, restando apenas o altar. Foi inaugurada em 10 de Agosto de 1932. A construção foi autorizada por um bispo de Juiz de Fora com a finalidade de consolidar a posse de terras devolutas do Estado. Festas eram realizadas no Pico do Pião com direito a animação de bandas que vinham de Santa Rita de Ibitipoca e de Bias Fortes. A primeira missa celebrada no Pico do Pião foi em 15 de Agosto de 1925, muito antes da construção da capela. Mas o Estado vence o processo e passa a ser proprietário das terras a capela fica abandonada, a imagem do Senhor Bom Jesus é levada para o Arraial do Mogol, próximo a Conceição.  Lendas dizem que o sino de bronze da capela se encontra perdido na mata abaixo do Paredão do Pico do Pião, um tal de Sr. Lino ficou a dar badaladas a noite inteira até que ele rolou paredão abaixo.

 

Ficha: 

Aproximadamente 12 km de caminhada leve (Ida e volta). Com diversos atrativos sendo o pico do Pião o ponto culminante da trilha com seus 1.720 m de altitude.

 

 Ruínas da Capela 

 

O Pico do Pião, como dito anteriormente, foi a última expedição do Rota Certa em sua estada em Ibitipoca. Por essa trilha passamos em três grandes pontos de Interesse. sendo eles: 

 

 

- Gruta do Pião;

- Gruta dos Viajantes;

- Pico do Pião (Ruínas da Capela);

- Gruta do Monjolinho (Cachoeira do Monjolinho);

 

Nossa expedição começa no relógio do sol sentido a prainha, mesmo inicio do circuito das águas, de lá seguimos por uma trilha bem sinalizada e aberta. Até as placas indicativas com as distâncias até os atrativos.

 Placas Indicativas 

 

Partimos sentido a Gruta do Pião nossa primeira parada. Importante levar lanterna! 

 

 Gruta do Pião

Esta Gruta é bem interessante e bastante escura. Existe água que brota das entranhas da terra e forma inclusive um pequeno laguinho raso bem cristalino.  Ah! Experimentamos esta água. rs

 

Lara Croft ????

 

Da Gruta do Pião seguimos para o Pico do Pião. Ponto alto de nossa expedição e objetivo deste 3º dia. 

 

Trilha até o Pico 

 

No ponto exibido na foto acima existe uma bifurcação em "T" que leva o viajante para o Pico do Pião ou para o acesso a gruta dos viajantes. Há também uma acesso para uma antena alimentada por energia solar bastante interessante. 

 

 

 Degraus de acesso ao Pico do Pião e ao Fundo Antena

 

E assim, após uma caminhada exaustiva de 1140 m aproximadamente debaixo chegamos finalmente ao Pico do Pião com seus 1.720 m de altitude. Lugar muito bonito de onde foi possível avistar um mar verde que cerca todo o PEI e adjacências. 

 

 Um mar verde que cerca Ibitipoca 

 

 

 E comprovar a existência das ruínas da capela. 

 

 

 Equipe Rota Certa reunida 

 

Após um lanchinho saboroso e um descanso merecido, partimos para a Gruta dos viajantes. Uma gruta encavada em um paredão bem legal. O acesso é feita por uma escada de madeira bem longa. O descida é muita bonita passando pelas copas das árvores.

 

 

 Paredão perdido em meio a mata 

 

Escada de acesso a Gruta

 

Após uma longa escadaria chegamos a entrada da Gruta dos Viajantes. O interessante desta Gruta é que tem duas entradas. Logo, descemos pelas escadarias mas não retornamos por ela. 

 

 Gruta dos Viajantes 

 

Fizemos a Gruta do Monjolinho na volta do Pico do Pião, com isso podemos curtir a água gelada da cachoeira para relaxar. O interessante desta gruta é que para entrar no salão principal há necessidade de mergulhar pois a abertura (entrada) da gruta fica submersa.  É muito legal!

 

 Gruta do Monjolinho

 

 

 E assim encerrou-se a Expedição do Rota Certa ao PEI em Março de 2016. Já estamos com saudades.

 

Abaixo um vídeo da Gruta do Monjolinho e o Mergulho para entrar na Gruta! 

 

 

 

 

Espero que tenham curtido Pessoal. Até breve em outra super aventura do Rota Certa!!!!!!

 

 

Curtam um vídeo Produzido pela Equipe Drone de Montanha!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Expedição Papupo / Agulhinha Bonatti

April 28, 2017

1/9
Please reload

Posts Recentes

August 7, 2016