#Pseudoalpinista

August 17, 2015

 

Escalar montanhas é um esporte que envolve físico, alma e coração. Este tripé regra não só uma escalada, mas toda uma vida.  Em linhas gerais, 50m de corda separam o guia do participante. E é nesta solidão pendurado a mais de 400 m de altitude, e envolvido pelo barulho ensurdecedor do silêncio, é que somos confrontados com nossa psique.

 

 

 

Há momentos que muitas vezes nos deparamos com um lance difícil de vencer. Pensamentos negativos tentam assumir o controle  mas o montanhista centra no objetivo primando pela sua segurança e motivado pelo desafio . A via é de aderência o grampo esta distante, a queda iminente poderia dilacerar a carne. Mais uma olhada para o grampo a sapatilha apertada tende a escorregar o sol é escaldante. “Isso não é pra mim....” O companheiro com olhos fixos acompanhando cada passada do guia vai nos motivando.  A perna involuntariamente começa a tremer, as mãos estão suando, não é força, não é o equipamento....... Apenas técnica e equilíbrio. Você e a rocha.........

 

Já fez isso milhões de vezes, passou naquele lance centenas de vezes. Não é a primeira vez na montanha. Já passou guiando, participando e inclusive já ministrou instruções naquele campo escola.

 

Treinei tanto, mas hoje não consigo vencer a montanha.

 

Muitas vezes somos levados a situações desse tipo no dia a dia. Um grande exemplo são em provas de concurso: O ano todo estudando, diversos simulados e testes  mas na hora de entrar na “via guiando” alguma coisa lhe trava. As questões parecem difíceis, os assuntos parecem nunca terem sido estudados........... Você  treinou, conhece as técnicas e o equipamento é o mais adequado para a atividade fim, mas,,,,, mas  você se pega parado entre dois grampos. Esta travado, não consegue sair do lugar e reluta consigo mesmo em avançar.

 

“Talvez desescalar seja o mais viável ...., a queda será cada vez menor a medida que eu recuar. Lentamente passo a  passo a corda vai sendo retesada e o sabor amargo da derrota invade o espírito......

 

 Não foi naquele dia, não foi dessa vez. A montanha me venceu...... mas você já venceu em outros tempos....... mas hoje eu perdi........ e talvez tenha evitado um mal maior vai saber. O medo tomou conta de mim não há explicação, preciso trabalhar meu psicológico e voltar lá. De novo, somente eu e a montanha, eu e aquele lance.........

Please reload

Expedição Papupo / Agulhinha Bonatti

April 28, 2017

1/9
Please reload

Posts Recentes

August 7, 2016

Please reload

Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square